Sentir tanto medo de perder alguém é justificativa para esquecer os nosso sentimentos e priorizar apenas as vontades dos outros? Sempre fui assim, não me enxergava, sempre tentava fica por trás para que ficasse bem ao olhar das pessoas. Por que nos comportamos assim? Esquecer o que realmente gostamos, o que sentimos e desejamos falar, apenas para que o nosso nome não esteja na boca das pessoas que falam o que quer, sem medir as consequências. Me prendia no meu mundo e me comportava como um robô, a vida realmente não pode ser assim, não devemos ficar por baixo só por medo de que nos fuxicos apotem nosso nome. 

Eu era assim, e ainda sou um pouco mas na verdade, você vem em primeiro lugar. E esse lugar é só seu, e ninguém pode toma-lo de você. Quando penso em me prender no meu mundo lembro que eles não estão nem ai, que eles só querem falar. Mas na verdade, enquanto você fica se doendo triste por ai, eles não estão nem lembrando daquilo que falaram. É difícil, mas nunca se prenda com medo de perder, com medo das palavras, as palavras machucam eu sei disso. Mas quem pode realmente decidir se elas vão te machucar, é você mesmo.

Deixe um comentário